sexta-feira, 2 de setembro de 2011



VERSÕES

Fazendo uma retrospectiva, percebo que todas as épocas de minha vida ficaram marcadas por diversas músicas. E, hoje, aos ouvi-las (raramente) me vêm a lembrança os momentos vividos. Desde a pré adolescencia, eu já me encantava com várias canções. Naquela época, era muito comum pegar as músicas estrangeiras ( italianas, francesas e americanas) e fazer uma versão para o português. Todo mundo gravava versões. E, valha-me Deus! Estraçalhavam a música. A versão jamais fazia juz ao original. O arranjo musical era péssimo e a letra fraquíssima, de gosto duvidoso. Havia cantores especializados em versões. As músicas faziam imenso sucesso ao chegar aqui na voz de ótimos e inesquecíveis intérpretes. E como eram bonitas e bem interpretadas!


Lembrei-me das famosas ¨versões¨ ao ver sucessivamente, no blog do Carlos(Crônicas do Rochedo¨), nos Sucessos de Verão, belíssimas canções, que tiveram sua versão para o português.


As bandas de forró continuam fazendo essas equivocadas versões, que deturpam a música, de toda forma, ferindo a sensibilidade.


Ronnie Von, o Príncipe da Jovem Guarda foi um dos que traduziu a música "Girl", dos Beatles, e transformou-a em "Meeu Beeeem..."

26 comentários:

Catarina disse...

As canções representam uma época, um estado de espírito, uma fase, uma pessoa ou simplesmente porque marcaram um estilo intemporal...

Pitanga Doce disse...

...e voilá! Tchraaaam!

Paloma disse...

CATARINA, para cada momento, uma canção. Imagina quantas canções catalogadas em tantos(e bota tantos nisso) anos de vida.

Paloma disse...

Oba!!! Já posso postar, outra vez.E,o que é melhor,voltou com imagem e tudo.
¨Muchas Gracias¨, PITANGA

maria teresa disse...

Eu também ligo pedaços da minha vida a diferentes tipos de canções e de tipos de música e quando recordo tal sinto-me nostálgica ...
Abracinho meu!

Pitanga Doce disse...

Eu sempre fiz tudo na vida com fundo musical. Quando entrava no carro a primeira coisa era ligar o rádio (em boa musica diga-se de passagem). Até para fazer os deveres da escola era com o rádio baixinho escutando Adamo. Esta semana dei-me conta de que há dias, semanas não ligo o rádio, não ouço música no celular, nem no canal de tv, nme no blog eu ponho som!!!! Até de manhã quando tomo o café, não ligo mais o rádio da cozinha. O que foi que aconteceu comigo?? Nem na VERSÃO, nem no original. Nada! Socorro Ivan Lins! "Lembra de Mim?"

Catarina disse...

São fases, Pitanga Doce! Não entres em pânico! Vai passar! : )

Paloma disse...

MARIA TERESA, a parte mais importante, e a melhor, de minha vida teve,principalmente,Julio Iglesias no fundo musical. Por isso, minha paixão pelo cantor,até hoje.

Paloma disse...

PITANGA, há épocas na vida da gente, em que tantas coisas vão acontecendo, ao mesmo tempo, que acaba mudando nosso comportamento,nos tirando até o habitual gosto pela musica.

Paloma disse...

CATARINA, de fato, na vida temos fases ruins, que custam a passar.Mas, um dia acabam passando.

Dulce disse...

Pois é, e Ronnie continua até hoje, "impecável"... rs
Não sei se você já o viu no programa que apresenta todas as noites num canal de SP... Um gentleman.

Beijos e uma boa noite para você.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tem toda a razão, Paloma. As versões em português eram uma desgraça, mas sucedia o mesmo com versões francesas de canções inglesas que, no entanto, tinham mais sucesso em Portugal do que as originais.
Obrigado pelas palavras que deixou lá no CR, neste dia de aniversário.

Mery disse...

Olá, sou sua nova seguidora. Te vi no blog da Beth L., soube que vc também é carioca e eu tenho poucos amigos cariocas, vim aqui, gostei do teu comentário lá, pensas como eu.
Quanto ao post, eu admiro muito os cantores dessa época, porque minha mãe ouvia todos os dias essas músicas, principalmente da Jovem Guarda, do Roberto e Erasmo, eu já sou da época de sertanejos, Paula Fernandes, que eu adoro, Vítor e Leo, etc.
Beijos, da Mery.Visite-me!

Paloma disse...

DULCE, Ronnie Von é culto, inteligente, talentoso, delicado.Permanecendo no meio artístico por possuir outras aptidões. Eu o aprecio muito.

Paloma disse...

CARLOS, então concordamos que as versões não são lá nenhuma obra de arte. Sabe,ainda hoje,escuto versões de musicas, que jamais deveriam ser tocadas, de tão ruins que são,comparadas a original.
Sempre leio seus posts sobre politica.Só não comento porque não conheço os personagens,que são iguais aos daqui,mudando os nomes.
Mais uma vez, meus sinceros parabéns por tudo que escreve.
Abraços

Paloma disse...

MERY, agradecida por sua visita.
Paula Fernandes eu gosto também.Acho que é uma moça muito bonita, com a voz aveludada e tem um repertório excelente. Aquela aparição dela no especial do Roberto Carlos, deslanchou a carreira dela, merecidamente.

Beth/Lilás disse...

Ohhh, meeeu beeeeeeem!
Como me lembro desse tempo, coisa boa sô!
E como era lindo este homem, nossa!
bjs cariocas

Paloma disse...

BETH, ele era o homem mais bonito,da jovem guarda.Um moço lindíssimo! Gostava de ouvi-lo cantar ¨A Praça¨. A letra dessa musica, falava do meu primeiro namorado, de colégio. Namoravamos naquela pracinha que fica em frente ao Aeroporto Santos Dumont.
Gratas recordações.

Cida disse...

Eu tinha uma irmã que era "vidrada" no Ronnie Von...rs

Palomita, acabei de achar essa notícia na net, e corri pra te contar:

O cantor espanhol Julio Iglesias deve gravar uma participação especial na série “O Astro”, exibida pela Rede Globo. Ele, que gravou a versão em português da música “Always on My Mind”, que está na trilha sonora da trama, deve interpretar a si mesmo.

De acordo com a coluna “Na Telinha”, do jornal “Extra”, publicado nesta terça-feira, dia 6, a ideia é que Julio apareça somente no fim da trama. Ele apresentará as atrações da boate Kosmos, um dos cenários da história.

Em recente entrevista, o espanhol afirmou que chegou assistir alguns capítulos da série e que gostou de escutar sua música “Eu nunca te Esqueci”. “Gostei (de “O Astro”) por causa de tudo, dos caminhos diferentes que ele pode tomar e tudo mais”, elogiou.

Ao falar sobre o Brasil, ele afirmou que o melhor do país são as pessoas: “não tem gente igual no Mundo”, defendeu.


E aí, você já tinha conhecimento?
Depois você me diz se é verdade mesmo tá? Eu não assisto novelas, então estou "por fora".

Beijão, e tenha um lindo e feliz feriado.

Cid@

Paloma disse...

CIDA, apenas sabia que havia uma musica dele,na novela. Mas, não vejo essa novela. Não tinha conhecimento de que ele fará uma interpretação no final da novela.Sendo assim, vou procurar ver.
Hoje,no site oficial dele,dizia que virá ao Brasil,em Outubro,se apresentando em diversas cidades.
Aqui,será no dia 17, no Vivo Rio.

Lilá(s) disse...

Bons tempos, a juventude de agora não vai ter essas recordações...
Bjs

Paloma disse...

Lilá(s), feliz de quem tem algo bom para recordar.

Cida disse...

Querida Palomita,

Obrigada pelas palavras tão gentis, por ocasião do meu aniversário.
Você é um doce de garota! :)

Te desejo um encantador final de semana.

SAÚDE & PAZ!

Beijokas,

Cid@

São disse...

Nunca apreciei versões, rrs

O original é sempre melhor!

Um abraço.

Paloma disse...

CIDA, você é muito querida,por todos.
Além do mais,particularmente,tem me dado vários empurrões,bastante válidos rsrs

Beijos,com admiração e carinho.

Paloma disse...

SÃO,as versões, em geral,resultam num grande equívoco.

Abraços