quinta-feira, 15 de setembro de 2011



PRIMAVERA

No Brasil, as estações não são definidas. Tudo se resume num clima mais ameno e num tremendo calorão. As flores nascem em qualquer época do ano e não necessáriamente na Primavera, como acontece em outras partes do mundo. O que denuncia as mudanças de estação é a posição do sol, o amanhecer e anoitecer (com muita ou pouca claridade).

No próximo dia 23, o calendário nos indicará o inicio da estação das flores.

Num artigo semanal, no Jornal ¨O Dia¨, o cantor Martinho da Vila,nos fala da Primavera,transcrevendo um trecho da poetisa Cecilia, que tão bem se refere a nossa Primavera:

¨ A Primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a Primavera que chega¨

E, Martinho diz: ¨Aqui no Rio o Verão invade o Outono para amadurecer os frutos; no Inverno as folhas das árvores não caem, os jardins permanecem floridos e em pleno Setembro o sol resplandece. A Primavera é carioca¨.

11 comentários:

Paloma disse...

¨Gracias¨ a Pitanga que possibilitou esta postagem.
Meu computador está se recusando a editar as minhas singelas postagens,da mesma forma que há algum tempo venho fazendo comentários,em alguns blogs,como anónimo,na impossibilidade de comentar normalmente. Assim,vou tentando contornar os obstáculos.
Abraços a todos.

Beth/Lilás disse...

Oi, Paloma!
Nós que vivemos observando a natureza e suas flores e plantas, nos espantamos como é que pode dar flores ou frutos em épocas tão diferentes.
Ontem mesmo, tirei uma foto de minha mãe debaixo de um pé de jaca, pequeno, mas em pleno bairro onde moro. Já tem jaquinhas penduradas e estamos entrando na primavera. Não entendo nada dessas nossas estações malucas. hehe
]beijos cariocas

Catarina disse...

Que bonito, Paloma. : )
Primavera no rio e Outono em Toronto...

Cida disse...

E agora que a primavera está quase a "dar as caras", por aqui (que andava num calor de rachar mamona), entrou um friozinho inexplicável...

Hoje mesmo, fui a um casamento ao meio dia, e estavam todos tiritando de frio, a começar pela noiva, que estava bem vaporosa e com os bracinhos de fora...

Já nem tento mais entender esse tempo!
:)))

Beijinhos, e tenha uma ótima semana.

Cid@

Paloma disse...

BETH, este é o país das multiplas estações,ao qual nos acostumamos.

CATARINA,ainda era preferível o outono que,mesmo não sendo o que deveria ser,é melhor do que está par vir.

CIDA,esta lambança de estações é imprevisivel.Mas,quando chegar o verão não haverá meio termo.

Lilá(s) disse...

Inicio de ano letivo tem-me deixado pouco tempo livre para visitar os amigos mas, vejo agora que por aqui o visual é novo! airoso e atraente, gosto.
Bjs

maria teresa disse...

Lindo visual e viva a Primavera!
O clima está mudando...o imprevisível vai acontecendo!
Abracinho meu!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Por aqui entraremos no Outono, Paloma. Até final de Outubro, uma estação agradável, mas em Novembro e Dezembro, com a chuva e os dias curtíssimos, não aguento.
Este ano, inclusivé, estou a pensar ira para o hemisfério sul mais cedo do que o habitual. Talvez já lá vá passar o Natal...

Paloma disse...

Lilá(s), um visual primaveril.

MARIA TERESA,viva a Primavera e o Outono!

CARLOS,Novembro e Dezembro é o começo do calorão,só refrescando a partir de Maio. O verão é tão longo que parece não ter fim. Nosso Natal é sempre quente,não combinando com os cartões postais,enfeitados de neve.

Catarina disse...

As árvores aqui estão a perder “a olhos vistos” a sua verde folhagem... estão a tornar-se amarelas e vermelhas. Os dias continuam, surpreendentemente, agradáveis.

Tinha deixado um comentário assim que o post foi publicado mas não sei o que lhe aconteceu.
Abraço.

Paloma disse...

CATARINA, a nossa Primavera só existe mesmo no calendário.Não dá sinal algum. Mas, já nos habituamos a isto.

Abraços