sexta-feira, 29 de julho de 2011



UMA LINDA MULHER
Vera Fischer é, a meu ver, uma das mulheres mais bonitas que surgiu no mundo artístico. Foi eleita Miss Brasil 1969. Concorrendo ao Miss Universo, era a mais bela de todas as candidatas representantes de outros paises. Ingressou na carreira artística, revelando-se uma excelente atriz, impressionando, a todos, por sua beleza física e capacidade de interpretação.Fez vários filmes e peças de teatro. Atuou em muitas novelas e posou, por duas vezes, para a Revista Playboy, mostrando o quanto foi privilegiada pela natureza. Teve um casal de filhos de dois relacionamentos amorosos. Um deles bastante conturbado, com muitas brigas e escândalos. Virou manchete dos jornais, ao se envolver em agressões e outros excessos, motivada pelas drogas, que consumia, mas, sempre resurgindo das cinzas.
Hoje, aos 59 anos, ainda muito bela, está novamente no fundo do poço. Depressiva, isolada, dependente de drogas, foi internada para tentar se reabilitar.
Fico me perguntando o porque desse desapego pela vida. Bonita, dois filhos, constantes propostas de trabalho. Em fim, tudo para gostar de viver. Então, por que essa auto destruição? Por que tanta infelicidade? O que a faz ir em busca das drogas? Lamento por ela, pois sempre a admirei.

23 comentários:

isa disse...

Lamento,tb,pq a admiro e porque há
perguntas para as quais ñ encontro resposta!
Beijo.
isa.

Pitanga Doce disse...

"Ever and ever, forever and ever
You'll be the one "

Não é assim que diz a música?

"Para sempre será a única?

Lúcia Soares disse...

Vai saber o que a angustia, né, Paloma?
Muitas vezes o TER tudo e que é o mal. Pode ser que a vida tenha lhe sorrido tanto que até perdeu a graça, pois as coisas acontecem como num passe de mágica e tudo que vem muito fácil, também vai...
No começo da carreira dela achei que ela tinha acertado, tinha talento, mas depois se perdeu, ganhou essa voz rouca e atua parecendo um robô.
Mas torco pra que ela se equilibre. Afinal, os filhos precisam dela, uma já não tem pai e o outro é ainda adolescente.
Só depende dela, se reerguer.

Paloma disse...

ISA, é inexplicável essa busca por coisas ruins, quando tem tanta coisa boa acontecendo. Não dá para entender.

Paloma disse...

PITANGA, Você é mais que demais!!!
ADOREI!!!!!
¨Thank you¨

Paloma disse...

LUCIA, também notei que, de um tempo para cá, ela ficou com a voz rouca e meio paralizada quando atua. Não é tão espontanea como antes. Está se perdendo pelo caminho.

maria teresa disse...

Há tantas como ela, infelizmente!
Talvez pensem que não são amadas como sendo "mulheres completas", mulheres para além do exterior,...
A sua auto-estima é muito baixa, são muito infelizes!
Abracinho meu!

Paloma disse...

MARIA TERESA, penso que por serem completas e, até mesmo, muito desejadas, deveriam ter a auto-estima elevada. Bonitas, corpo perfeito, profissionalmente valorizadas, financeiramente realizadas, vários casos amorosos.Em fim, tem tudo ou quase tudo que buscam. Por que a insatisfação? Não dá para saber.

Maria disse...

Sim amiga Paloma por vezes não dá para entender as atitudes das pessoas. Exteriormente parecem ter tudo para serem felizes e são na realidade almas perdidas.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Vivian disse...

...quem vê cara não vê
coração.

tantos se perdem nestes
conflitos da alma!

que Deus a ajude...

ela é linda!

bj, querida!

Pitanga Doce disse...

Vai lá no Pitanga, mas leva lencinho. Não quero o pé da árvore encharcado, please!

Paloma disse...

MARIA,não consigo entender, por mais que busque as respostas.

VIVIAN,ela é muito linda e sempre sorridente, não deixando transparecer o que lhe vai na alma.

PITANGA, já fui lá. A musica foi uma boa escolha, pois é condizente com a suprema felicidade dos 20 anos de idade. (¨Doce Passaro da Juventude¨)

Beth/Lilás disse...

Poxa, Paloma, eu não sabia disso!
Realmente, uma pena tanto desperdício de vida, mas acho que ela sempre foi viciada, sempre ouvi falar disso e que em sua casa, em festas, as drogas eram servidas em bandejas.
E agora, vendo se aproximar a velhice inexorável, volta a se drogar, o que é pior ainda.
tsc tsc
um beijo grande, carioca

Paloma disse...

BETH, voce disse bem: ¨vendo se aproximar a velhice inexorável¨.Diante desta realidade,o que era ruim ficou pior. Se, mais jovem, ela surtava com as drogas, imagina agora enfrentando os sinais do tempo.
É lamentável.

Cida disse...

Realmente, amiga, é muito difícil entender o que passa pela cabeça dessas pessoas que dependem das drogas para sobreviver!

Principalmente, se são pessoas privilegiadas, que já nasceram com todos os "facilitadores" para serem felizes.

No caso de pais e mães, ainda existe o grande problema de estarem dando um péssimo exemplo aos filhos.
Triste demais! :(

Tomara que dessa vez (para o bem dela!), ela consiga se ver livre de vez, e possa viver uma vida mais dígna.

Tenha uma ótima e feliz semana, Palomita.

Beijinhos,

Cid@

Paloma disse...

CIDA, sempre tirei o meu chapéu para essa atriz linda e talentosa.
No entanto, com seu comportamento auto destruidor, bota a perder sua beleza e talento. E, para os filhos, é um péssimo exemplo.

A.S. disse...

A vida por vezes coloca perguntas para as quais não encontramos resposta!...


Beijos,
AL

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

A Vera fez bater tantos corações, Paloma :-)
O meu incluído, claro...

Paloma disse...

A.S., esta é uma delas.Não encontro resposta.

CARLOS, eu sempre admirei sua beleza e, até mesmo, o valor artístico. A ela faço referência como ¨minha musa¨. Vera Fischer tem um corpo escultural (ou tinha)e um rosto muito bonito.

Lilá(s) disse...

São perguntas para as quais tambem não encontro resposta!
Bjs

Paloma disse...

Lilá(s), penso que nem mesmo os psicologos, psiquiatras e outros afins, têm resposta para este comportamento e atitudes.

Catarina disse...

Paloma, também a conheço das telenovelas que por aqui passam no canal multicultural. Acho-a uma boa atriz embora tenha reparado que tem dificuldade o que fazer às mãos. As suas mãos nem sempre acompanham as suas palavras. Os casos de depressão são mais vulgares nas pessoas célebres e ricas do que se possa imaginar. E também pergunto: qual a razão? Parecem ter tudo o que uma pessoal “normal” pode ambicionar e no entanto...
Será solidão embora quase sempre rodeadas de pessoas? Tem tudo e por nada mais aspiram? Lamento o que lhe está a acontecer.

Paloma disse...

CATARINA, nem mesmo dá para atribuir a depressão ao envelhecimento, porque sua vida foi pontuada por depressões, internações, confusões e outras coisas prejudiciais ao corpo e a mente. É lamentável!