terça-feira, 26 de abril de 2011

O OLHAR

Está fazendo um ano que eu iniciei meus passeios, pela Internet. Esta imensa e fantástica fonte de informação e entretenimento.
Não sei se me farei entender, na forma de me expressar. Mas, o que mais tem me impressionado é a possibilidade e facilidade de acompanhar a ascensão de determinadas carreiras artísticas e as transformações físicas desses mesmos artistas, com o passar do tempo. É impressionante!!!
Sei, é o mesmo que acontece com todos nós, mas a Internet nos permite ver essas mudanças, com detalhes. Fisicamente é como se fossemos dando lugar a outras pessoas diferentes, se sucedendo no nosso corpo. Assim é, desde que nascemos. Tanto que, as vezes, mal reconhecemos a mesma pessoa em diversas fotos, ao longo da vida.
Tudo se transforma. No entanto, na gente, só uma coisa não muda: O OLHAR. O mesmo jeito de olhar, nos acompanha até o fim.

31 comentários:

isa disse...

Concordo com vc,Paloma!
Sinto o mesmo!
Na minha vida de Prof.acontece isso.
Beijo.
isa.

Pitanga Doce disse...

Eu concordo plenamente. :-))))

Dulce disse...

Também concordo plenamente... E talvez por isso os olhos sejam chamados de "espelhos da alma"... Espelham o imutável que temos em nós...
E que bela escolha para ilustrar o post, Paloma... Os velhos olhos azuis... Lindos como a voz que os acompanhava...
Beijos

Lilá(s) disse...

E os olhos dizem tanto...
Beijinhos

Paloma disse...

ISA, PITANGA, Lilá(s), os olhos dizem mais do que as palavras.

Paloma disse...

DULCE, o Sinatra no meu cantinho veio pelas mãos de alguém que deu inicio ao meu blog.Pensei nele,mas não sabia como traze-lo ainda.
Quanto a mensagem dos olhos,lembrei-me da seguinte trova:
O coração e os olhos são dois amigos leais. Quando o coração tem penas. Logo os olhos dão sinais.

Beijos

Dulce disse...

Uma trova muito verdadeira, Paloma...
beijos

Cida disse...

Que bom que você voltou!!!...:)

Realmente, os olhos são o espelho da alma.
Não é a toa que dizem que quando as pessoas vão mentir, elas abaixam os olhos... é para não se entregarem...rs

Fique bem Palomita. Fique com Deus.

Mil beijinhos

Cid@

Mariz disse...

Concordo com vc...um olhar apesar do tempo sempre diz tudo.

beijos...Mariz

Paloma disse...

DULCE,a pobre trovinha ficou toda desalinhada. Mas,um dia eu chego lá

CIDA,faz-se necessário ¨sacudir a poeira e dar a volta por cima¨.É o que estou tentando fazer.

MARIZ, este não muda jamais.Ainda bem que alguma coisa permanece em nós.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É uma grande verdade. Talvez seja por isso que se diga que os olhos são a janela da alma...

Paloma disse...

CARLOS, uma janela que resiste ao passar do tempo.

Carla Farinazzi disse...

Oi Paloma!

Parabéns pelo um ano de internet!!! Que sejam muitos e muitos mais!

Creio que você tem razão. O olhar de uma pessoa permanece o mesmo até o final. Não os olhos. O olhar. Que é com quem conversamos afinal, ao conversar com uma pessoa.
Bela observação.

Beijos

Carla

Paloma disse...

CARLA, você está certíssima. Os olhos também mudam, com o tempo. Só o olhar permanece.
Exemplo: uma atriz muito bonita,quando jovem. Olhos expressivos,bem delineados. Agora,aos 84 anos, após muitas plásticas, ficou irreconhecível.Atrás daqueles olhos repuxados, permanece o mesmo olhar, que a tornou tão sedutora.

Beijos

Paloma

São disse...

Sinatra não é dos meus preferidos, de facto.

Um bom final de semana.

Maria disse...

Um olhar diz tudo e como diz um velho provérbio, "Os olhos são o espelho da alma".
Tenha um maravilhoso fim de semana pleno de alegria e paz.
"Não acrescente dias a sua vida, mas vida aos seus dias." (Harry Benjamin)
Beijinhos
Maria

rouxinol de Bernardim disse...

O olhar é tudo! Nele se espelha o carácter, a alma, o amor!

Paloma disse...

SÃO, Sinatra também não é dos meus preferidos.Mesmo porque, eu só tenho um super preferido,que é toda minha paixão musical e a razão do meu blog.
O olhar de Sinatra, apenas simboliza meu texto.

Beijos

Paloma disse...

MARIA, tem uma canção brasileira que começa assim: ¨Este seu olhar/quando encontra o meu/fala de umas coisas que eu não posso acreditar¨ Sim,diz mais do que as palavras.

BERNARDIM, concordo plenamente com você.

Catarina disse...

O olhar e os gestos. : )

Cida disse...

Oi minha flor, voltei só pra te deixar um beijo :)

Te cuide, okey?
Deus nunca nos da uma carga acima das nossas forças. Podes crer!

Que Ele te abençoe e te guarde.

Fique bem, fique em Paz.

Cid@

Rafeiro Perfumado disse...

Se bem que a carreira deste senhor já conheceu melhores dias, há muitos anos que não lança nenhum disco novo.

São disse...

Sabe que Júlio Iglésias vem cantar a Portugal este ano?

Um beijinho, linda.

Paloma disse...

CATARINA, nem precisa de palavras.

CIDA, a carga está muito pesada e o corpo começa a dar sinais de cansaço.
Mais uma vez,obrigada por seu carinho e amizade.

RAFEIRO, seu bom humor é contagiante.

Paloma disse...

SÃO, Julio Iglesias cantará,em Lisboa,neste mês. Quem me dera estar aí!!!!!!
Só me resta esperar que ele venha para as bandas de cá.

Pitanga Doce disse...

PALOMA, tá esperando o que? Bora lá!

Paloma disse...

PITANGA, falta-me inspiração.Mas, tentarei ir em frente.

SÃO,a grande inspiração do meu blog, o meu querido Julio Iglesias, fará um show, no próximo dia 28 de maio, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Que ele tenha a mesma aceitação e sucesso,de sempre!

Beth/Lilás disse...

Oi, Paloma!
É verdade! Mas, sabes, eu nunca tinha pensado sobre isto. Achei genial esta sua observação e adorei a escolha dos olhos azuis de Sinatra que amo de paixão até hoje.
um beijo grande, carioca

Pitanga Doce disse...

Falta-te inspiração e o passaporte. Cadê??? Nos dias que correm é documento vital!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Para o Norte ou para o Sul!

Paloma disse...

BETH, fiquei a refletir sobre isto,ao observar as mudanças físicas do meu ídolo. Houve uma transformação imensa de quando ele iniciou a carreira aos 25 anos,até seus atuais 67 anos. Apenas aquele olhar sedutor continua o mesmo.

Beijos carioquíssimos

Paloma disse...

PITANGA, ainda bem que o meu está em dia.
Em outros tempos, gostaria de correr para um lugar que nem precisaria passaporte.